08 outubro 2008

Para ele.

Desde aquele 27 de Agosto, já se passaram 3 anos e nada. Nada de você sair dos meus pensamentos e nada de eu amar alguém como eu te amei (ou amo, ainda não sei).
Me perco as vezes pensando que estava presa à você (presa ao passado) porque eu mesma queria, pois tinha medo de me apaixonar outra vez.
Assumo que depois de você, fiquei com outras pessoas, e até namorei durante dois meses alguém. Mas ninguém conseguiu tocar o meu coração e a minha alma como você tocou, meus pensamentos talvez tenham ficado abalados, mas o coração ainda lhe pertencia por completo.
Só que hoje eu percebi que não dá mais pra viver assim, na verdade nunca deu, mas eu sempre me prendia a esperança de que um dia você ia se aproximar de mim e falar “Eu nunca deixei de te amar. Volta pra mim!”. Mas isso nunca passou de uma ilusão, doce ilusão.
Agora, tudo vai dar certo, eu sei. Minha ficha caiu, coisa que demorou muito pra acontecer, mas que aconteceu (“antes tarde do que nunca”).
A pasta aonde ficavam (só) as suas fotos foi deletada, agora as (nossas) fotos se misturam no meio das fotos com meus amigos (coisa que você nunca deixou de ser, e lhe agradeço por isso). O chaveiro de pelúcia que eu ganhei, e possui seu nome, hoje não reside mais na minha estante em destaque, e sim na minha caixinha de lembraças.
Seus e-mails eu apaguei (sim, ainda os tinha). As suas cartas eu guardei (duas apenas, mas que para mim valiam por todas). Seu eu cheiro eu não sinto mais e (quase) nada me faz lembrar você.
Sei que eu não tenho o direito de reclamar, pois você até hoje foi a melhor parte da minha vida. Sei que ainda tenho muito o que viver, pois como dizem, ainda sou uma “criança” para amar (mesmo eu achando que o coração não tem idade e nem limites).
Enfim, obrigada pelos 6 meses e meios que passamos juntos, e pelos outros meses aleatórios em qual ficamos sem compromisso (mas com o coração ainda preso por um elo: o amor).
Só que agora chegou a minha vez, neste momento me liberto de você. Não quero mais te amar, não preciso mais te amar. Percebi que posso viver sem esse amor. Muitas pessoas ainda estão por vir, mas você sempre vai ser o meu primeiro amor, mas agora não o único. E agora eu vou seguir o meu caminho... Na contra mão do seu!

12 comentários:

Mah ;) disse...

atualizadíssimo! ahoeauihe
ahn, parceria, pode ser? :*

Mah ;) disse...

e obrigada pelo seu comentt. :)
e pelos votos de melhora! ;*

Aline Evelyn disse...

Nossa flor!
Engraçado com eu sei exatamente o que sobre o que vc escreveu!
Por incrível que pareça, há 3 anos passo pela mesma coisa!
Ainda amo um certo alguém!
Já fiquei com outras pessoas, mas nada me faz tirá-lo da cabeça!
Sabe...
Ainda sinto o cheiro dele, cada coisa que eu olho me faz lembrar dele, certos lugares me remetem ao passado!
E isso meu deixa alegre e muito triste às vezes!
Mas é assim...
Seguir a vida é o que nos resta!
Beijooos
Beigadinha pela visita no meu blog!
Posso te linkar?
Beijoks

Anny disse...

Que lindo*-*
É triste...Sabe,tbm gostei de uma pessoa por três anos e ele não deu valor...Fiz tanta besteira por ele(nada de sexo...lol),enfrentei meus pai,briguei com a familia e tantas outras coisas,por um amor que eu pensava ser o único.Hoje em dia,qndo eu o vejo,meu coração ainda dispara,bate mais forte.Só que agora,eu sei que ele foi meu 1º amor,foi único,e por isso eu não me permito eskeçe-lo.Mas as vezes dah uma saudade tão grande...Ah,q vontade de bjar ele...Eu ainda tenho um chaveiro que ele me deu,eu o uso nas chaves da minha casa,mas agora,é só um chaveiro normal,não penso mais nele ao usar o chaveiro(juro que é verdade^^).
Eu estou aprendendo a me amar mais,a dar o meu devido valor!!
Espero que vc flor,se "recupere" logo e siga em frente,pq a vida ainda te reserva muitos amores!

bjo flor!

*sonhador* disse...

Ual... Creio que é a minha primeira vez por aqui! Não pude deixar de comentar, pois esta história de alguma forma mecheu comigo!

Bom, a esperança é última que morre certo? Pelo jeito a sua já foi. Mais ai é que tá. Pq você não fala dos seus sentimentos por ele? Não passou pela sua cabeça, que ele pode esta esperando assim como você? Pq vcs mulheres não podem tomar a iniciativa? Algo tão simples, não é? Você pode esta deixando para traz aquele amor, puro, simples e tão lindo... por conta de uma simples pergunta! Pensa nisso, tá bom?

Tomara que eu tenha ajudado em algo!

Gostei do seu blog, posso passar mais vezes por aqui?

Abraço!

Mah ;) disse...

Brunaaa.
é tipo assim, vc me linka, eu te linko! AOEUIAHOEIUH ;)
ahhh.. é. meu prof falou mansinho cmg ¬¬ ele ficou com medo.
HAHA

beijos

Yaas disse...

O Primeiro amor, sempre uma coisa dificil de se esquecer.
Aconteceu comigo, gostei do mesmo menino, mais apenas uma longa paixonite, por mais de sete anos.
Ele sempre vai ser uma pessoa especial pra mim, mais nunca mais do mesmo jeito.
Porém vai ser sempre lembrado como o meu primeiro amor.
Adorei o texto. Descreveu exatamente o que eu senti naquela época.
Espero que você se recupere bem, e que logo logo apareça outro.
Beijos.

Yaas disse...

A mesma coisa comigo.
Li crepusculo de uma amiga,comprei Lua Nova, e esses dias fui comprar Crepusculo pra mim.
Eu não gosto muito de Mcfly, mais não tenho nada contra. Acho eles super fofos e simpaticos, e até escuto algumas musicas e talz...
Tbm não gostei da atriz que vai fazer a Bella, não fui com a cara dela, e a bella que eu imagino não tem nada haver com ela, mais que seja...O Robert é lindo, e isso que importa ;)
Beijos.

Anny disse...

Selinho pra vc no meu blog amore!!!
Bjo

Quer uma xícara de chá? disse...

Ainda bem cara. Não dá para se viver de passado. Temos que deixar aquilo que passou morrer nas nossas lembraças. Espero poder fazer o mesmo qeu voc~e um dia. : /

Bia Pedrosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia Pedrosa disse...

o seu amor é uma mentira que a minha vaidade quer...
mas tem hora que a vaidade se cansa, deixa de querer o tal amor e vai atrás de outro para sempre nos lembrarmos da nossa vaidade.