23 agosto 2009

Ela tudo é, enfim, que eu preciso ter.


Sinto falta dela! Porque por mais que eu a veja uma vez por semana ou de 15 em 15 dias, não é a mesma coisa. Ela não está lá comigo sempre, só está às vezes. E não, telefone não conta como presença, pois por ele não dá para ganhar um abraço apertado e reconfortante da mulher mais importante da sua existência. Sinto falta. Sinto falta de quando ela me acordava com beijos para ir ao colégio, e eu achava incrível o fato de já acordar vestida - porque se eu fosse me vestir iria atrasar tudo, pois sempre acordei em cima da hora-; e tantas vezes insisti para que eu pudesse dormir já de uniforme, para que assim, ela não precisasse ter o trabalho de me vestir, mas ela ria e nunca deixava. Sinto falta de todo dia quando ela chegava em casa, ir me perguntar como foi no colégio, e se eu queria ajuda com os deveres de casa - ele nunca fez isso, por acreditar que eu sou esperta demais. Sinto falta da comida dela - mesmo a dele sendo mais gostosa. Sinto falta de ela ir me olhar no play, pra ver como eu estou e perguntar se preciso de alguma coisa; e eu sempre pedia um biscoito, e ela com todo carinho subia novamente para pega-lo. Sinto falta do beijinho de boa noite que ela me dava todo dia na hora de dormir, enquanto me cobria com todo o carinho do mundo. E quando eu tinha crises de medo do escuro, ela falava que estava tudo bem, e que ficaria ali comigo até eu adormecer, mesmo que ela estivesse super ocupada com outra coisa. Sinto falta de quando eu ia assistir um filme, ela sempre sentava comigo para ver, por mais que ela não estivesse afim, pois queria me fazer companhia sempre. Sinto falta do cheiro dela, do sorriso dela, do jeito dela, da voz dela, de como ela me envolvia em seus braços e me dizia o quanto me amava. Quando estou em casa não posso ouvir Fábio Jr. se não eu choro, porque sei o quanto ela ama, e me pego pensando no que ela está fazendo, e quando a vou ver novamente. Sinto tanta falta da mulher que me deu a luz, da mulher que eu mais amo nessa vida, da mulher por quem eu daria a minha vida.

Ps.: Minha mãe não morreu não, gente, só pra deixar bem claro. Mas é que faz 5/6 anos que eu fui morar com o meu pai em outra cidade, então é um pouco difícil eu vê-la, e isso sempre dá uma tristeza, e me faz muita falta.

15 comentários:

isabella M. disse...

isso foi lindo..sério.Minha mãe mora comigo sabe,mas a gente NÃO se dá bem..quando ela nao briga com ela,ela briga comigo,enfim..acho que para casos como meu..só distancia mostraria como ela é importante pra mim.
eeei,agora que eu fui ver seu layout..cara,ele é muito wow,lindo mesmo.
hihi

isabella M. disse...

ah eu adoro comentarios grandes..de verdade. hahaha. lembro que vc me falou do house..eu adoro,ele é ironico e meu pai diz que ele é doido,tanto faz.. ele é sexy. UHASUHAUSHAUHSUAHSUAHSUH.

CátiaSofia disse...

Realmente é muito triste mesmo quando estamos longe de algem de quem gostamos muito.
No meu caso estou longe do meu pai.


Beijo

isabella M. disse...

ah porque no post do hospital você falou do House qqqqq. eu sei sim,claaro que eu sei quem é rupert grint -s ele,a emma e o dan são meus divos *o* UHAUHSUAH.

isabella M. disse...

aah tudo bem.. eu apaixonei no personagem dele em enigma do principe,sério.que issso ;OOOOO perdeu potter

Jeniffer Yara disse...

Lindo lindo...o texto foi meio que emocionante...e me tocou de um jeito, pois não morei com minha mãe,sabe eu tenho minha vó como se fosse,aliás ela é,pois é ela que cuida de mim e me dá carinho e tal...Mas saudades sempre dá...da mãe biológica que nunca tive,não reclamando da "postiça" NUNCA!Pelo menos tenho uma,que não me arrependo de viver com ela...Expressar um pouco o que sente é sempre bom,seu post expressa um pouco do que sente,saudades de sua mãe sempre vai ter,mas nos momentos que se encontram tenho certeza que aproveita ao máximo com ela!!!*.*

Não é a mesma coisa,mas pense...você têm uma mãe e tem a certeza que ela sempre vai estar lá quando precisar...

Bjs Bjs

Juhh... disse...

O textoo ficou lindoo, emocionante concertesa....
Nossa,
mae é a coisa mais emportante que há, não sei mesmo como é se sentir assim, nunca estive lonje de minha mae...
Mais acredito que seja bem dificil.
Bejo

pequena disse...

Ai amiga minha mãe mora em Brasília e eu em outra cidade... saudade é muito ruim né? rss

bjos e bom domingo adorei seu blog rss

Analisada disse...

Saudades arranca o peito.
=/
mari [http://amoresesuspiros.blogspot]

Luciane Miranda disse...

^^
que gracinhaaa vc! E amor de mãe é bom demaissss!Valorize sempre ela... mesmo longe demostre sempre a importância dela!

^^
mtu legal aqui
visite-me tbm
xD
vou adora
bjs
http://sodesaltoalto.blogspot.com

Bel disse...

Nossa...Que lindo seu texto...
a saudade é uma coisa que ninguem consegue explicar nem mesmo que sente, é tão pessoal...
ainda mais a saudade da mãe...
eu não sei o que eu faria sem a minha, sou muito grudada com ela sempre....

bjs

Narinha. disse...

Nossa, deve ser dificil ficar sem a mãe todos os dias :(
Foi bonito ter feito um post sobre ela.

bjb (:

E.Suruba disse...

cara! mãe é tudo! bonito post
blog legal!

Giovanna disse...

Deve ser muito dificil viver longe de sua mãe, ;S mas tente se aproximas mais dela. nunca é tarde!
e sobre meu Layout fui eu sim que fiz x) haha

Taah ♥ disse...

- Como é ruim ficar longe da pessoa que a gente ama né!?
Muito lindo o texto amei :)