25 maio 2010

A pretinha.

Ilana Monk tinha três anos, apenas, quando fez sua primeira viagem aos Estados Unidos. Saindo de Buenos Aires nunca tinha visto pessoas de cor.
Desembarcada na América, foi à escola, pela primeira vez, para acompanhar outra menina, quando, de repente, percebe uma menina negra retinta. Ilana ficou olhando a menina fascinada, diantes dos olhos curiosos do pai.

- O que é que você está olhando, filhinha? - quis saber ele.

E Ilana empolgada:

- Olha, papai! Que lindo vestido cor-de-rosa que ela tem!
Pedro Bloch

17 comentários:

leonel disse...

Deveríamos nunca nos afastar ou nos perder desses olhares de criança. Puros. E tão verdadeiros.

Abraço do Leonel.

nathy b. disse...

sinto falta desta pureza, e ingenuidade, nas pessoas hoje em dia.
palavras curtas e bem ditas, adorei !

Tania Girl disse...

Que texto lindo!!!
Pena que quando crescemos passamos a olhar a vida diferente.. o mundo seria tão mais puro se continuássemos com os mesmos olhos...

Lindo post!!
bjos

Barbara Salvan disse...

ówwwwwwwn que fofo *-*
se todos tivessem a igenuidade dessa criança né? ameeeeeeeei, mesmo!

Mandy disse...

Por isso eu digo agora que minhas decisões só serão tomadas com o meu eu criança. :) Ele sim, saberá o que é certo e o que é errado de se fazer. Adooorei mesmo.
Beijoos
Mandy

Gαbi '˙·٠•♥ disse...

Nossa que blog lindo!
Vou voltar...

bjo enooorme e Parabéns! *-*

http://1umpoucodetudo.blogspot.com/

Cris Souza disse...

Nem tudo é o que parece, não é mesmo?
Discursões raciais são hiper importantes e ver um texto tão sutil e tão reflexivo foi ótimo. obrigada!seguindo aqui!

Erica Vittorazzi disse...

Amei. Que os nossos olhos continuem assim...


lindo!!!!


BEIJOS

Larissa disse...

Tão doce a inocência e ingenuidade de uma criança. Deveríamos todos ser crianças, rs.

Um beijo.

Marina Cardoso disse...

O mal está no coração de quem ver!
Quem dera se todos tivessem esse mesmo pensamento.

adorei!

Cristina Moura disse...

Amei o texto *-*
estou seguindo o seu blog *-*
se quiser passa no meu http://criistinamoura.blogspot.com/

Vicky D. disse...

pena que quando crescemos a maior parte dessa pureza acaba...
Mas...
Lindo texto ^-^

bjão =^.^=

*PS: eu sumo, mas semore volto, né? rs mas, sério, eu tento mas o cursinho está me sufocando ¬¬¨

dianaBruna disse...

A pureza que nos falta quando crescemos...
=*

Rebeca Postigo disse...

Inocencia de criança...

Bjs

Barbara Salvan disse...

Muito obrigada pelo conselho... de muito me serviu *-*
Seu blog está lindo com esse layout!
Beijos

brunela disse...

Gente, será que somos gêmeas? HAUAHAUHAUAHAUAH, adoro!
Amei seu texto, lindo, lindo, lindo!
obrigada pela visita, volte sempre! haha xxxx

Erica Ferro disse...

Ah, amei!
Era tão bom que a gente reagisse assim diante das coisas que são 'diferentes'.