09 outubro 2010

Diz que os olhos veem, e o peito já sente..

E lá estava ela, entregando quem ela tanto queria para aquela que tanto a queria bem. Os apresentou, viu o olhar dos pombinhos se encontrarem e um lindo sorriso bobo brotar nos lábios de cada um. Depois viraram para ela e sorriram ainda mais, em agradecimento. Eles estavam felizes. A cúpido também... A verdade é que ela não sabia direito o que estava sentindo. Tudo estava tão confuso. Por um lado a felicidade reinava em seu coração, afinal, pela primeira vez sua amiga estava conhecendo o amor de perto; e ao ver aquela felicidade brilhando nos olhos da menina, era impossível não ficar feliz pela amiga. Mas, ao mesmo tempo em que a felicidade dominava, o ciúmes lutava por um espacinho, pois aquele garoto que estava começando a virar o príncipe da história de sua amiga, era o príncipe que ela havia desejado. Era ele quem ela queria que fosse o seu herói. Aquele que enfrentaria o dragão para salvá-la da torre. Aquele que lhe daria um beijo apaixonado, e a acordaria do sono eterno. Aquele que viria em um tapete voador, e lhe mostraria um mundo melhor. Aquele que salvaria a ela e a sua tribo das mãos do homem da cidade. Não importava qual fosse o conto de fada, ela simplesmente queria que ela fosse a princesa, e aquele seu príncipe. Mas, não... A realidade não era aquela. A princesa, afinal, era uma das suas melhores amigas, e ela, apenas a fada madrinha. Pensou por um instante em arranjar uma desculpa e levar o príncipe para longe dali. Longe das duas, num lugar que ele não pertencesse a ninguém... Foi então que alguém a chamou, e fez com que saísse do transe. Sua amiga lhe olhava e sorria, quando viu aquele sorriso feliz, a menina percebeu que não estava pensando como uma fada madrinha, e sim, como uma bruxa. Não! Ela não seria a bruxa do conto de fadas da sua amiga. Então, simplesmente sorriu, respondeu alguma coisa e saiu andando. O príncipe e a princesa não entenderam nada. A gritaram, pedindo para que ela voltasse. Ela não ia voltar. Apenas acenou e foi seguindo o seu caminho. Estava na hora dela procurar realizar o seu conto de fadas, mas com o seu verdadeiro príncipe. Onde ele estava? Ainda não sabia, mas iria procurar... E, então, em um passe de mágica, sumiu.

19 comentários:

quareesma disse...

Isso sim é amizade, o resto é conversa fiada ;)'

beijas, moça :*

Jeniffer Yara disse...

O fato de vermos outras pessoas conseguindo realizar sonhos como os nossos,como essas pessoas conseguirem seus príncipes e nós não,nos faz ter inveja,e algumas cedem á ela seu espaço,se tornando mesmo bruxas,mas quem leva a amizade e a racionalidade do amor á sério,deixa a inveja de lado e vai atrás do que é SEU e não dos outros.
Bela história *-*

Beijos

Tania T. disse...

Que post maravilhosoo..

Amo ler seus textos porque são sempre tão criativos e surpreendentes!!!

=D

Beeijo

so sad disse...

ta certissima! parabens!

Bill Falcão disse...

É legal quando a vida e a mágica se entrelaçam!
Bjoo!!!

Barbara Salvan disse...

Adoro seus textos. Tens uma criatividade incrível!

Marie' disse...

que lindo '-'

Larissa disse...

Confesso que sou um pouco egoísta nesse aspecto. Só seria diferente se a menina fosse realmente a minha melhor amiga.
Mas nada melhor do que esse sentimento maravilhoso que é a amizade.
O príncipe dela logo aparece, é só saber esperar. rs

Gislaine Fernandes disse...

Olha só eu já passei por essa situação, hoje essa amiga está casada com o príncipe, eu tive que procurar os meus sapos, e estou aqui buscando a minha felicidade, a da minha amiga ela encontrou!
beijos

Lua disse...

Que belas palavras.

bjo ;)
e bom feriado!

Bill Falcão disse...

Maravilha, Buba! Linda história, que bateu bem demais com a ilustração.
Pro seu blog "ficar nos trinks" só falta tirar esse verificador de palavras. Aí, depois, te arranjo um estágio e vamos tomar um cafezinho, beleza?
Bjoo!!

Miika Rocha disse...

Nossa tiipO issOé base de fatOs reais ?

Pq nossa, que amiizadeh eem abrir mão da própria felicidade pra fazer feliiz ...
Ameiiii mt o post *----*

Rebeca Postigo disse...

=)
Lindo!!!

Bjs

Ariana disse...

Essa é uma amiga de verdade!
E ainda bem que ela não deixou reinar a bruxa ne!
História linda, vc sempre me deixando sem palavras!

Amei!


Beijos

Laísa disse...

Muito fofo (:

Beijinho!

gabyzinhastar disse...

Atitudes assim que conservam uma boa amizade.
Adorei.

Beijos

Baerdal disse...

O poeta diz que Os olhos mentem dia e noite a dor da gente.
Que cantinho harmonioso é sempre bom sentir fluidos positivos.

Um imenso abraço de Baerdal.

Luiza disse...

situação incomoda. numa passe de mágica, foi preciso sumir. também quero.

''Tay' disse...

Nossa isso sim é amizade verdadeira, conseguiu vencer o ciumes e a inveja. ^^
Adorei o texto.

bjus =*