06 dezembro 2012

Meia noite e dez.

Queria você aqui comigo agora, mesmo a cama sendo pequena, mesmo estando esse calor absurdo, mesmo eu te desejando mais do que você me quer. Queria você aqui agarradinho comigo, seu pé esfregando no meu, meu suor de misturando com o seu; a sua risada gostosa perto do meu ouvido e esse cheiro de menino-homem inundando o meu quarto, esse cheiro que é só seu.

2 comentários:

A Ticiane disse...

Por mais sem lógica que seja, a gente sempre quer alguém por perto, ainda que esteja um calor indescritível.

O amor e o desejo sempre nos fazem querer o "impossível"

Beijos

nr. disse...

Adoro seu blog! Voltei com o meu antigo, não sei se você o conhece, faz uma visitinha, por favor :)
http://loucuracensurada.blogspot.com.br/
Obrigada, beijos! :]